Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo:

Frequentemente, pesquisas realizadas com gente do mundo inteiro mostram que as pessoas dos países nórdicos são consideradas as mais felizes do mundo. Elas não têm muito sol e o clima não é lá essas coisas, mas parecem super satisfeitas com a vida e amam os seus países. E isso não apenas pelo ’hygge’, conceito escandinavo que conquistou o mundo e que significa vida tranquila em um lar acolhedor. Ser feliz, no modo nórdico, não é apenas acender a chaminé e ficar em casa tranquilo; a receita deles para a felicidade engloba muito mais.

Juntamos alguns termos das línguas nacionais desses países que caracterizam uma vida bonita e feliz. Confira e, se ficar interessado, comece a fazer as malas hoje mesmo.

’Sisu’: caráter resistente, em finlandês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

O jornal britânico The Times incluiu em 2017 o conceito finlandês ’sisu’ na lista de tendências chaves da Escandinávia. É difícil traduzir esta palavra, mas ela significa algo como ’se alguma coisa deve ser feita, será’. ’Sisu’ significa constância, resistência, coragem, ausência de desculpas ou de emoções excessivas.

Vamos nos sentar e deixar que a pressa vá embora.

Uma voz forte é um sinal de vazio.

Provérbios finlandeses

Para adquirir o espírito ’sisu’, o The Times sugere falar com moderação, sem expressões faciais ou muitos gestos. Mas o ponto mais importante é falar com propriedade. ’Sisu’ é a ausência de palavras vazias e reclamações. É por causa da filosofia ’sisu’ que os finlandeses são tranquilos, decididos, autosuficientes e apreciadores da igualdade social.

’Lagom’: sentido de proporção, em sueco

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

Lagom’ é a capacidade de manter um equilíbrio na vida. Literalmente, esse conceito é traduzido como ’nem muito nem pouco’. ’Lagom’ está em toda a sociedade sueca, inclusive no universo da economia e dos negócios. O verdadeiro ’lagom’ começa quando uma pessoa consegue colocar ordem na sua vida, mantendo tudo sob controle, apenas com decisões conscientes. Claro que isso não é fácil de alcançar. Mas um bom caminho para ele é a moderação e a sensatez.

Parábola lagom

“Uma vez, um velho gato se encontrou com um gatinho jovem que corria e dava voltas tentando pegar o próprio rabo. O velho gato perguntou:
— Por que você está perseguindo o seu rabo?
— Me disseram que meu rabo é a minha felicidade — respondeu o gato — Portanto estou tentando pegá-la.
O velho gato sorriu e disse:
— Quando eu era jovem, também me disseram que a minha felicidade estava no meu rabo. E eu também corri durante muitos dias atrás dele, tentando pegá-lo. Ficava exausto, mas me levantava e começava de novo. Quando me rendi, simplesmente caminhei para onde meus olhos olhavam. E sabe o que eu de repente percebi?
— O quê? — perguntou o gatinho.
— Que aonde quer que eu fosse, meu rabo sempre me seguia.

Toru Ville

O autor do livro ’Gliugge — A felicidade escandinava: vamos beber chá de pijama’, Toru Ville, recomenda as seguintes dicas para ser feliz por meio do ’lagom’: monitorar as entradas e saídas de dinheiro, diminuir o consumo de energia e água, produzir menos lixo, não comprar coisas desnecessárias e reutilizar as velhas.

’Arbejdsglæde’: a satisfação de trabalhar, em dinamarquês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

A capacidade de aproveitar o trabalho, ’arbejdsglæde’, é outro conceito de felicidade dos dinamarqueses, que antes deram ao mundo o conceito ’hygge’. A consultoria Universum publica anualmente os resultados de um estudo que mede a satisfação das pessoas com o seu trabalho em diferentes países do mundo. Os escandinavos sempre estão no topo dos países mais satisfeitos.

“O governo pode oferecer a um dinamarquês que, segundo diagnóstico médico, sofre de estresse, férias pagas de até um ano de duração, e semanas mais curtas de trabalho e consultas gratuitas com um psicólogo”.

Helen Russell, The Year of Living Danishly: Uncovering the Secrets of the World’s Happiest Country

Para chegar no ’arbejdsglæde’ você deve responder honestamente à seguinte pergunta: por que trabalha onde trabalha? Encontre as vantagens do seu trabalho, construa relações harmoniosas com os seus colegas e superiores, realize as tarefas de maneira consciente e melhore suas habilidades. Se isso for impossível, chegou a hora de pensar em mudar. Afinal, segundo os dinamarqueses, uma pessoa só está verdadeiramente feliz quando vai e volta do trabalho contente.

’Friluftsliv’: interação com a natureza, em norueguês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

A filosofia do ’friluftsliv’ diz que uma pessoa deve ficar sozinha com a natureza para voltar ao seu verdadeiro ’eu’. E isso não significa apenas uma caminhada turística, mas uma verdadeira fuga da cidade e da rotina. Apenas você, uma mochila nas costas e a natureza. O trabalho físico simples ao ar livre também entra na categoria ’friluftsliv’. Por exemplo: cortar lenha. O norueguês Lars Mytting, autor de ’O livro da Madeira’, considera a pilha de lenha uma prática espiritual. Esse livro ficou muito popular também no Reino Unido.

“Em uma cabana solitária

Junto minha pesca abundante;

Há uma chaminé, um banco e uma mesa,

O friluftsliv está na minha mente”.

Henrik Ibsen “Nas alturas”

É assim que os noruegueses recomendam viver esse estado: “Nada de fotos e publicações no Facebook, simplesmente escale uma montanha ou faça um passeio na floresta e guarde as emoções para você. Desligue a televisão, encha os bolsos com chocolate e vá acampar”.

’Gezelligheid’: unidade familiar, em holandês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

Ainda que a Holanda não seja um país escandinavo, ela também tem um conceito muito colorido sobre a felicidade. Para os holandeses, a felicidade é estar unido com as pessoas queridas. O tempo que você passa com as pessoas de quem você gosta e que te entendem e te apoiam é chamado de ’gezelligheid’.

É melhor caminhar com um amigo na escuridão do que sozinho na luz.

Não me siga, não posso te levar aonde você precisa ir. Não vá na minha frente, não posso te seguir. Caminhe ao meu lado e seja meu amigo.

Provérbios holandeses

Quando pensamos na tradução, gezel significa ’um companheiro, um velho amigo’. Os holandeses usam muito a palavra gezellig (acolhedor, agradável, amigável). Os lugares e as coisas importantes para o coração, que deixam bonitas lembranças, são gezellig. Os inesquecíveis encontros com amigos que não víamos há muito tempo também são gezellig. Na Noruega existe um conceito parecido chamado de ’koselig’: uma noite agradável na companhia de amigos com boa comida e velas.

’Kalsarikännit’: relaxamento, em finlandês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

Kalsarikännit’, na Finlândia, é uma espécie de ócio, quando uma pessoa decide ficar em casa sozinha, bebendo e usando pijama. Kalsarit significa roupa interior e kännit significa ficar bêbado. O mundo todo ficou sabendo o seu significado graças ao Ministério de Assustos Exteriores do país, que publicou emojis especiais que refletem este e outros conceitos originais da cultura nacional finlandesa. Quando alguém te convidar para algum lugar e você não estiver com vontade de ir, basta dizer que está no seu ’kalsarikänni’.

“Das cores que estão na paleta de sobrevivência de um morador do norte, o finlandês escolhe o primitivo, mas simples e adaptável às muitas situações: kalsarikännit. O kalsarikännit é alicável em qualquer parte do mundo, em qualquer situação e em qualquer estado de ânimo.

Kalsarikännit não requer preparativos grandes.

Kalsarikännit será relativamente barato e democrático.

Kalsarikännit não é uma posse, não é uma ação, não é uma farsa. Não se publicam fotos no Instagram sobre ele.

Kalsarikännit é a verdade da vida”.

Miska Rantanen Pantsdrunk: Kalsarikanni: The Finnish Path to Relaxation

Os holandeses fazem algo parecido. Eles têm o conceito de ’niksen’: a capacidade de simplesmente relaxar e não fazer nada sem sentir culpa pelo tempo perdido. No mundo moderno, tão preocupado com a produtividade, ’niksen’ é uma excelente maneira de eliminar o estresse.

’Gluggaveður’: otimismo, em islandês

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo

Gluggaveður’ é como os islandeses chamam essa agradável sensação de quando a tempestade está do outro lado da janela e você está dentro de casa, acolhido e com uma bebida quente, apenas observando a natureza. Para os países do norte, isso é muito importante, porque até mesmo no verão frio eles têm vontade de viver um ’gluggaveður’.

Se você não gosta do tempo, espere 5 minutos e ele vai piorar.

Elogie a mulher pela manhã e o clima pela noite.

É preciso proteger o carvalho com que você constrói a sua casa.

Provérbios islandeses

Tudo o que você precisa para o ’gluggaveður’ é uma roupa confortável, uma xícara de chá ou chocolate quente, uma janela e bom humor. Às vezes, é nessas horas que os pensamentos mais incríveis aparecem.

De qual conceito de felicidade você mais gostou?

↓ Imprensa «Like» e obter os melhores posts no Facebook ↓

Por que as pessoas dos países nórdicos são as mais felizes do mundo